Polícia Federal e equipes

A cada enxadada um balde de minhoca, frase muito usada por pescadores a cata de iscas para pescaria, se enquadra muito bem nas ações da Polícia Federal e a equipe do magnífico Juiz Sérgio Moro e a promotoria que o assessora.

A cada dia uma tropa de novos vagabundos ladrões do erário público são conduzidos algemados por conta da corrupção que tomou conta do País no desgoverno daquele ex presidente alcoólatra e seus companheiros de quadrilha, que depois entregou para ma despreparada governar e deu no que estamos vendo.

Corrupção sempre teve no Brasil, mas desta maneira nunca. Quebraram uma das maiores empresas petrolíferas do mundo e saíram roubando onde viam uma porta aberta.

A preocupação com a administração do roubo era tão grande que esqueceram de administrar o País, não sobrava tempo.

No caminho tinha uma pedra, uma pedra no meio do caminho, diz o poeta mineiro. Aqui vamos substituir a palavra pedra por “juiz” que vai dar no mesmo efeito. A quadrilha jamais imaginava que alguém teria peito e coragem para encarar o sapo barbudo e seus asseclas, nunca antes da história política desta nação varonil de céu anil, verdes mares e selva fulgurante eles achavam que alguém teria esta determinação de tirar o doce da boca destes senhores, que se achavam acima do bem e do mal.

Vamos torcer para que esta sujeira seja encerrada com chave de ouro, a prisão do sapo barbudo. Só precisa alguém abrir o bico para completar tudo aquilo que a justiça já deve saber e já tem anotado em seus alfarrábios sobre o chefe da quadrilha.

Estamos torcendo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s