Com a lanterna

Nossa indústria, coitadinha, parece mulher de malandro. Apanha, apanha e não aprende. Gosta. Vive ao sabor da onda de benesses e surfa no dólar.

Ontem, com o real valorizado e maquiado, não exportava. Agora com o dólar em alta a entrada de produtos estrangeiros está tomando o mercado.

Ficamos na lanterna por conta de políticas idiotas e antigas dos dirigentes. Na esperança de salvar o País, apostam tanto no mercado interno que nossos produtos são os piores possíveis em qualidade.

Temos uma indústria automobilística por conta do Collor que comparava nossos bólidos a carroças e com razão.

Depois disto nunca mais se abriram os portos para forçar ao industrial buscar a modernização.

A indústria da construção civil é um ninho de corrupção e uma febre de aditivos em contratos que nos envergonham. Precisa abrir para construtoras estrangeiras e modernizar, também, esta área.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s