Inversaõ de valores

Sobre as últimas tragédias, a palavra lamentável é que serve de consolo imediato.
Porém, no caso de Minas Gerais, aquela hecatombe era anunciada.
Agora se fala em tremor de terra, para livrar a responsabilidade da empresa. Mas na verdade o tremor deve ter ocorrido pelo fato do rompimento da barragem. Dedução esta, de que está ligado nos fatos pela força midiática.
Para recuperar aquele espaço são dezenas de anos. E a população como fica?
O dinheiro que deverá ser liberado, sabe lá Deus quando, será o suficiente? Nunca é!
Os desabrigados do desastre de Teresópolis já receberam o devido quinhão?
E a tragédia no litoral do Paraná na mesma época de Teresópolis?
Muita grana foi desviada desta população.
Vai acontecer que as autoridades francesas vão prender os autores e provavelmente em troca de tiros serão mortos, antes que os primeiros centavos sejam liberados para os necessitados de Minas Gerais.
Para reconstruir o desastre a conta está em 10 a 14 bilhões de reais.
Quem vai pagar?????
O seguro da empresa é de apenas 1,3 bi de reais, para estes casos.
Infelizmente, este é o País em que vivemos.
Uma ditadura disfarçada de pseudo democracia, com pessoas que querem mandar mais do aquele eleito.
Mesmo porque quem foi eleita, no caso uma mulher, nunca mandou muito no cargo que ocupa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s