AS FERIDAS QUE PRODUZIMOS

Criticar os outros é algo muito perigoso; nem tanto pelos erros que você pode cometer ao criticar, mas pelo fato de você poder estar revelando algumas verdades a seu respeito. Harold Medina

Imagine afundar uma faca afiadíssima no peito de um amigo num momento de repentina ira.

À medida que a lamina penetra o corpo, seu amigo, atônito, tenta desesperadamente encontrar um pouco de ar.

A seguir, gritando sob uma excruciante dor, ele cai ao chão.

Perdendo sangue, sucumbido pelo sofrimento, ele entra em choque e perde os sentidos.

Essa pessoa não morre, porque vem a receber cuidados médicos adequados e em tempo propício.

No entanto ele irá carregar no peito, pelo resto da vida, uma enorme e repugnante cicatriz.

É difícil imaginar um cenário como esse…

A realidade, porém, é que muitos de nós cravamos amiúde laminas cruéis inclusive em pessoas que amamos.

Nós usamos “facas invisíveis” que não derramam sangue. Nossa arma preferida é a CRÍTICA.

Os ferimentos que provocamos são tão impiedosos como os produzidos por uma faca de verdade.

 Quero encorajá-lo a ser mais prudente com a sua crítica, porque ela pode destruir a autoestima de alguém e trazer sobre essa pessoa danos irreparáveis.

Alguns de nós já nos tornamos críticos contumazes.

Antes mesmo que sare a ferida que provocamos, de novo, e mais uma vez, e outra vez, voltamos a esfaquear no mesmo lugar.

Como podemos ser tão cruéis?

A próxima vez que você sentir que está prestes a “esfaquear” alguém com suas palavras cáusticas, faça uma pausa, nem que seja por um breve momento, e na sua imaginação torne a sua faca visível.

Uma vez compreendidas as feridas que você pode estar causando, estou certo de que ainda haverá chance de você interromper tão impiedoso ataque.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s