Propina foi paga em doações oficiais ao PT

O executivo Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, da empresa Toyo Setal, disse
nesta quarta-feira, em depoimento, que parte do pagamento de propina por
fornecedoras da estatal foi paga ao ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato
Duque em forma de doações oficiais ao PT. Mendonça Neto revelou detalhes do
esquema em um acordo de delação premiada.
Pela estimativa do executivo, aproximadamente R$ 4 milhões foram pagos em
doações ao PT entre os anos de 2008 e 2011. O repasse oficial era uma das
formas de mascarar a origem das quantias, que também eram pagas por
parcelas de dinheiro em espécie e remessas em contas no exterior.
As doações eram referentes ao percentual de propina do contrato de obras na
Refinaria Getúlio Vargas (Repar), em Araucária (PR), realizadas pelas empresas
Setec, PEM Engenharia e SOG Óleo e Gás. Mendonça Neto disse ter procurado o
tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, em 2008, quando manifestou o interesse de
fazer doações ao partido, mas não revelou que seria a pedido de Renato Duque.
Costa diz que é ‘erro’ eximir conselho da compra de Pasadena
O consórcio da Repar era liderado pela SOG Óleo e Gás, empresa do grupo
Toyo, e foi negociado dentro do “clube” de empreiteiras, que formavam um
cartel. Para participar do negócio, Mendonça disse ter negociado o pagamento
de R$ 50 a 60 milhões a Renato Duque.
Além das doações ao PT, Mendonça disse ter entregue dinheiro vivo a um
emissário chamado “Tigrão”, em São Paulo, “que era moreno, 1,70, 1,80, meio
gordinho, de idade aproximada de 40 anos. Os pagamentos no exterior foram
destinadas a uma conta indicada por Duque.
Em nota, a secretaria de Finanças do Partido dos Trabalhadores afirma que
todas as doações feitas para a campanha ocorreram em conformidade com a
legislação eleitoral vigente. Leia a íntegra da nota:
Reiteramos que o PT somente recebe doações em conformidade com a
legislação eleitoral vigente. No caso específico, o próprio depoente reconhece
em seu depoimento que foi orientado pela secretaria de Finanças do PT a efetuar
as doações na conta bancária do partido. Os recibos foram declarados na
prestação de contas apresentada ao TSE. Ou seja, todo o processo ocorreu
dentro da legalidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s